Fale conoscoFacebookFlickr
\ Univ… > Univ… == > Notí… > Prog…

Programa RENOVA conclui, em Bauru, expansão para os campi do Interior

Chefe da Seção Técnica de Carreira/DRH, Fábio Albino Zagui, apresenta o Programa Renova no Campus USP de Bauru. (Foto: Tecnologia Educacional/FOB)

Com o Encontro “Saúde do Trabalhador”, no campus USP de Bauru, o Programa de Aperfeiçoamento e Renovação Funcional (RENOVA), iniciado em 2017, concluiu sua expansão nos campi do Interior. A programação constou de apresentação do programa e sua equipe, seguido de palestras ministradas para assistentes, chefias e servidores sobre os temas saúde, bem-estar, fatores de risco psicossociais no trabalho.

O evento, que marcou o lançamento do programa em Bauru, contou com a participação do chefe da Seção Técnica de Carreira/DRH, Fábio Albino Zagui que, juntamente com equipe do RENOVA, apresentou o fluxo do programa para capacitação do grupo de apoio local.

O Programa RENOVA é uma iniciativa da Coordenadoria de Administração Geral (CODAGE), sob a coordenação do Departamento de Recursos Humanos (DRH) em parceria com o Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e Medicina do Trabalho (SESMT) e a Escola Técnica e de Gestão da USP.

Nesta primeira fase em Bauru, o programa atuará com os servidores do grupo Básico da Universidade de São Paulo com o objetivo de oferecer oportunidades para aperfeiçoamento de condições de trabalho, em particular voltadas para adequação e renovação funcional para funcionários com restrições médicas, sejam de ordem física e/ou psicossociais.

Primeiros resultados

Os temas essenciais apresentados no evento foram “Saúde como fator de risco para adoecimento no trabalho” (Vera Lucia Martinez Vieira/PUSP-LQ); “Fatores de risco psicossociais no trabalho” (Danilo Santos/LabPOT-FFCLRP) e “Saúde, bem-estar e trabalho” (Ariana Celis Alcantara/SESMT). É justamente sobre saúde e qualidade de vida que este contato com o RENOVA já trouxe os primeiros resultados, e positivos!

Foi o caso do marceneiro José dos Santos Gomes, do grupo Básico, lotado na FOB, e com 32 anos de USP. Motivado pela palestra da fisioterapeuta Vera Lucia Martinez Vieira “eu aprendi a dormir melhor. Porque eu dormia errado, agora eu durmo do jeito certo, com o travesseiro certo e viro o pescoço do jeito que é para ser”, informa o servidor. E não para por aí, “até eu falei para minha esposa, ‘não é assim que dorme’, e ela está acompanhando. Entendemos a importância de um bom sono para ter uma boa saúde, e está nos fazendo muito bem”, afirma.

A fisioterapeuta Vieira esclarece que no entendimento da saúde do trabalho, a saúde não é só ausência de doença, é um capitulo a parte dentro deste tema. “Então, a pessoa tem que se cuidar, tem que ser estimulada a se cuidar, e dentro desse trabalho que a gente faz no RENOVA, almejamos também acudir essas pessoas que não se cuidaram ou que já estão nesse processo de doença restritiva. A ideia é motivar as pessoas a se cuidarem”. Para isso, a fisioterapeuta da ESALQ revela o caminho das pedras: Alimentação saudável, boa qualidade do sono, administração do estresse e práticas de atividades físicas regulares.

Envelhecimento funcional

Adoecimento no trabalho, riscos psicossociais e bem-estar do trabalhador foram temas discutidos no Encontro “Saúde do Trabalhador”. (Foto: Tecnologia Educacional/FOB)

Vieira falou também sobre o envelhecimento funcional, que se dá quando o adoecimento da pessoa acontece pelo trabalho e no trabalho. “No caso do servidor público, como ele fica muito tempo, ele passa por isso. Muitas vezes o aparecimento do adoecimento é pelo próprio envelhecimento. Seja pela perda de força física ou pela senilidade, o trabalhador não consegue mais executar aquilo da forma que sempre fez no decorrer da sua vida profissional. Aí é onde o RENOVA se insere para proporcionar a readaptação”

E essa proposta de adaptação, ou readaptação, tem como prioridade ocorrer na unidade em que o servidor atua. “Uma vez consolidada a proposta de readaptação, o DRH, com a ajuda do SESMT, avalia se aquelas atividades previstas estão de acordo com a função que a pessoa atua ou se há a necessidade de alteração de função”, informa Fábio Albino Zagui, chefe da Seção Técnica de Carreira/DRH.

Sobre a etapa de avaliação de escala do controle de trabalho, Zagui explica que são avaliados, “além da dimensão da chefia, outros fatores como a organização do trabalho, as tarefas que são distribuídas, as condições do trabalho, os equipamentos e também as relações psicossociais”. Ele também acrescenta que, embora o programa atinja apenas o grupo Básico, no momento, em breve será ampliado, pela ordem, aos demais grupos, Técnico e Superior.

Repercussão no campus

Equipe do Programa Renova (DRH e representantes locais). (Foto: Tecnologia Educacional/FOB)

Para o prefeito do Campus USP Bauru, professor José Henrique Rubo, a implantação do RENOVA “sem dúvida será uma importante ação de renovação e aperfeiçoamento do quadro de servidores, neste momento do grupo básico, que irá beneficiar as Unidades/Órgãos da Universidade, além de humanizar as relações de trabalho, preocupando-se com a saúde e o bem-estar do trabalhador”.

O mesmo otimismo é compartilhado pelas servidoras do Centro de Serviços Compartilhados de Recursos Humanos (CSCRH) de Bauru, Anna Cláudia da Costa Bossay e Thalita Maria Mancoso Mantovani, que integram a equipe do programa no campus USP de Bauru: “O RENOVA, por meio de um acompanhamento multidisciplinar, proporciona ao servidor apoio e tranquilidade para adequar suas atividades ou ambiente de trabalho, de forma segura, preservando sua saúde e ainda, se necessária for a alteração de função, a formação necessária por meio da Escola USP, para o seu desenvolvimento”.

Além de Bossay e Mantovani, também fazem parte da equipe local do RENOVA, os servidores Fernando César Pegolo Ariede (CSCRH), Christine Habib (PUSP-B) e Ivo Antonio Lazari e Priscilla Akao Mori Moron (DVSO-SESMT).

O Encontro Saúde do Trabalhador no campus USP de Bauru aconteceu nos dias 22 e 23 de outubro de 2019. Saiba mais sobre o Programa de Aperfeiçoamento e Renovação Funcional (RENOVA), acessando www.usp.br/drh/trabalhe-na-usp/carreiras-usp/carreira-funcionarios/renova/.

Luís Victorelli (MTb 21.656)